Campo Grande, 24 de Setembro de 2017

Busca de Produtos:


PRINCIPAL

QUEM SOMOS

SUA DÚVIDA

ANTENA

AV AGRíCOLA

BOTãO PTT

CAPACETE

CONECTORES

DIVERSOS

FIOS ANTI-CHAMA

FONE

INTERCOM

LUZES

MANUAIS

MICROFONE

REGULADORES

SIST. IGNIçãO

TABELA DE PREÇOS

LINKS

BOLETIM TÉCNICO

NOTÍCIAS

CONTATO

Expo Aero Brasil 2010
10/06/2010

Desta vez o tempo esteve bom, céu azul, ar seco e um pouco frio... Ótimo para o vôo! Gente não faltou, a feira estava lotada de pessoas ávidas por aviação. Essas pessoas parecem ser uma espécie de ser humano diferente; talvez haja algum gene ainda não descoberto no genoma humano que as tornam apaixonadas pelo vôo e pelas máquinas que propiciam esse privilégio que outrora era apenas dos pássaros e de alguns insetos.
Dois grandes jatos da Embraer, um da Azul e outro da Trip, destacavam-se no pátio central e imponentes mostravam o peso da Expo Aero Brasil, que, apesar da dificuldade de superar o grande sucesso que fez nos saudosos tempos de Aero Sport, em Sorocaba, ainda permanece como única – se considerarmos a aviação brasileira em todos os seus segmentos. Um tanto incompleta, nas edições de São José dos Campos, porque os trikes não vieram, como os demais ultraleves básicos. Mas, talvez seria injusto culparmos a organização da Feira por isso, porque a aviação genuinamente ultraleve, que reinou nas décadas passadas, está escondida em algum lugar, longe das feiras, dos encontros e do fórum da ABUL. Nós, da Eletroleve, sabemos que ela continua viva e voando bastante, porque a procura de capacetes e intercom para os básicos continua grande e até aumentou nos últimos meses.
Qual é a verdadeira dimensão da aviação desportiva brasileira? Se fugirmos do aspecto puramente econômico, talvez os básicos ganhariam mais peso – apesar de ultraleves – mas com isso estamos fugindo do foco do tema presente, que é a Expo Aero Brasil 2010. Então, permanecendo na questão de ausências, a aviação agrícola também não compareceu.
Presença maciça se fez com os experimentais, não mais tão somente ultraleves avançados, porque o boom atual são aeronaves de 4 lugares. Além dos RV-10 da Flyer, brilhou na EAB 2010 o Explorer da Inpaer e a bela promessa do VOLARE 400, que será montado em Bauru. O P4 da Paradise não compareceu, talvez porque tem voado mais em céus norte-americanos –equipados com o nosso intercom ACT-1, falando em inglês.
Os shows da esquadrinha Oi não é apenas belo ou espetacular, mas emocionante. Principalmente quando narrado pelo Vadico, que sabe descrever em palavras tudo o que o coração sente, de cada um que se maravilha com as manobras precisas das aeronaves coloridas, riscando de fumaça o céu com o roncar nostálgico dos motores radiais dos T6.
O Beech da Esquadrinha Oi lançou pára-quedistas, os quais foram escoltados até próximos do solo por duas aeronaves que voavam em círculo em torno deles. O Sol já estava quase se pondo naquela tarde de sábado, aumentando o colorido da tarde com sua luz amarelada, enquanto o Cel Milton cantava Frank Sinatra.
No domingo, após a seqüência de vôos de demonstração, pousos, decolagens, outra apresentação da Equadrilha Oi, dessa vez com uma aeronave Albratroz incluída na equipe, chegou o grande momento da Esquadrilha da Fumaça. A melhor esquadrilha de acrobacias do mundo mais uma vez encerrou com asas de ouro mais uma edição da Expo Aero Brasil. A narração do show da esquadrilha sempre é feita por um oficial da Fumaça e utiliza um fone E-ANR da Eletroleve para se comunicar em VHF com a tripulação em vôo. Após as seqüências espetaculares de acrobacias com as aeronaves T-27 Tucano, da Embraer, o comandante da Esquadrilha enviou uma mensagem pelo rádio, que foi retransmitida ao vivo para todo o público presente e encerraram a apresentação desenhando um coração no céu, como tradicionalmente ocorre em todos os shows da Fumaça.
A Feira estava chegando ao fim e a vitória da seleção brasileira logo em seguida fechou o domingo com aquela sensação de que quase tudo deu certo, foi muito bom, mas o balanço final da Expo Aero Brasil 2010 ficará para cada um fazer individualmente... De qualquer forma, quem não foi perdeu um grande evento da aviação brasileira, se não o maior.
Paulo Rockel
Visite a página oficial da EAB – Expo Aero Brasil (clique aqui).

..:: Sobrevivente ocasional
..:: Mulheres no Comando
..:: Princípios básicos de manutenção de aeronaves
..:: Clube Esportivo de Voo (CEU) x OLIMPÍADAS
..:: CAN – Correio Aéreo Nacional – Revoada comemorativa
..:: TRIKE DA ÍCAROS É UTILIZADO EM PESQUISA AMBIENTAL
..:: Conheça o VOLATO 400
..:: Lâmpadas de LED – Evolução na iluminação
..:: Intercom – uma análise dos diversos modelos
..:: Comunicado
..:: Do mato ao mar
..:: Aviashow 2010
..:: COMUNICADO


..:: Programa de Qualidade ABUL
..:: Expo Aero Brasil 2009
..:: CÓPTEROS... Giro versos Heli
..:: MOVIMENTO NACIONAL PELA MELHORIA DOS SERVIÇOS DA ANAC
..:: Expo Aero Brasil 2008
..:: 8º ENU - Encontro Nacional de Ultraleves
..:: Mixer Kiko – Gerenciador de áudio

Próximo >> Último > 

3 últimos itens
Total

R$ 0,00


Cadastre-se

Digite seu nome e e-mail para receber novidades da Eletroleve
Nome:
E-Mail:
Repita o E-Mail:

Descadastrar


Enquete

Você voa...
• Avião
• Ultraleve
• Trike
• Girocóptero
• Parapente
• Outros
• Não vôo
• Paratrike

:: Resultado ::

©2017 Eletroleve. Todos os direitos reservados. All rights reserved.